Blog

Quais os cuidados com a visão quando crianças viram adolescentes?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Agende uma consulta pelo Whatsapp agora mesmo!

Muitos problemas são detectados muito cedo quando o paciente ainda é apenas um bebê, facilitando tratamentos para que a criança se torne um adulto com boa capacidade visual – mas quando chega a adolescência, é normal que muitos pais descuidem da saúde da visão de seus filhos.

É uma situação bem comum. O pensamento é: se quando criança não apareceu nenhum problema, na adolescência nenhum problema vai aparecer. Isso é um engano e nós, da OFTALMOKIDS, vamos explicar tudo!

Nos primeiros anos de vida os pais devem ter cuidado redobrado e isso não significa que na adolescência os problemas deixem de acontecer. Miopia, hipermetropia, astigmatismo e outras disfunções são distúrbios visuais comuns na adolescência.

A miopia, por exemplo, geralmente começa entre 6 e 14 anos, afetando 9% das crianças em idade escolar e 30% dos adolescentes. O problema tem como causa fatores genéticos, influências do meio em que o adolescente está inserido ou uma combinação dos dois.

Quando falamos sobre “influência do meio” é sobre o uso excessivo de dispositivos digitais, como assistir filmes, séries e até mesmo estudar usando smartphones ou demais aparelhos tecnológicos. Os jovens que deixam de gastar tempo ao ar livre, inclusive evitando pausas usando “telas”, e ficam conectados o tempo todo, podem desenvolver problemas sérios de visão.

O que os pais podem fazer?
Cabe aos pais notarem qualquer sintoma relacionado ao sistema visual de seus filhos adolescentes, como diminuição da visão ao longe, desconforto ou fadiga ocular, dores de cabeça, visão turva para fazer alguma atividade de perto – e agendar imediatamente uma consulta na OFTALMOKIDS.

Uma dica bacana é adotar a regra 20-20-20! Quando o adolescente estiver estudando, por exemplo, incentive pequenas pausas a cada 20 minutos orientando que o jovem olhe para algum objeto que esteja, pelo menos, a seis metros de distância. Ajuda e muito!

Cuide das condições de iluminação do quarto do jovem quando ele for estudar – nada muito claro, nem muito escuro -mantenha computadores desktop, laptops e outros dispositivos em uma distância de visualização recomendadas (algo entre 60 a 70 centímetros para desktop, 50 a 60 cm para laptops e 35 a 45 cm para os demais.

Óculos de sol! Atenção
Os jovens gostam de estar na moda de seus grupos, portanto é comum o desejo de usar óculos de sol. Mas cuidado: para proteger os olhos dos raios ultravioleta (UV), é essencial usar óculos aprovados com proteção. Pode acontecer do jovem adolescente querer comprar um óculos engraçadinho de camelô – ou um que imite óculos de marca. Explique que esse tipo de acessório não tem proteção, ou seja, vai prejudicar a visão. As lentes dos óculos de sol devem ter alta qualidade visual, ter armação resistente e não distorcer cores e imagens.

Óculos normais ou lentes de contato!
A OFTALMOKIDS recomenda que adolescentes que usam óculos escolham lentes anti-reflexo ou com bloqueio de luz azul, que tornará a visão mais confortável. A respeito das lentes de contato, o ideal é nunca usar por mais tempo do que o recomendado pelo fabricante para evitar danos aos olhos.

Lembrando sempre: verificar como estão os olhos a cada seis meses para garantir que eles estejam saudáveis.

Quando os pais devem levar seu filho adolescente para uma consulta na OFTALMOKIDS
É importante saber que muitos problemas de visão detectados na adolescência podem ser corrigidos. Os pais devem ficar atentos quando seus filhos:

– apresentam olhos vermelhos
– lacrimejam mais do que o normal
– não estão com seu olhar alinhado ou
– não movem os olhos ao mesmo tempo
– esfregam os olhos com muita frequência

Ficar atento também com pupila (que é o centro do olho) quando estão de tamanhos diferentes, uma cor diferente ou se mudaram de cor. Normalmente os adolescentes vão relatar algum desconforto visual.

Quando os adolescentes reclamam de sensibilidade à luz ou para focar em algum objeto, vale ligar o alerta e investigar o que pode estar acontecendo.

Agende uma conta na OFTALMOKIDS agora para uma avaliação detalhada da saúde dos olhos de seus filhos!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Leia também:

Oftalmokids